terça-feira, 2 de março de 2010

ASSASSINO DE CASAL BRASILEIRO É EXECUTADO NOS EUA

O Estado do Texas executou nesta terça-feira (2) o homem condenado pelo assassinato do casal de brasileiros Kléber e Lilian Santos, em 22 de agosto de 2000.
Michael Sigala, de 32 anos, é o terceiro prisioneiro que o Texas condenou à morte por injeção letal neste ano.
Kléber Santos, um engenheiro de computação de 28 anos, foi morto com sua mulher no apartamento do casal em Plano, no subúrbio de Dallas.
A Suprema Cortes dos EUA rejeitou na última semana rever o caso de Sigala. Não houve novos apelos antes da execução.
Ele foi detido dois meses depois do assassinato, após tentar penhorar, na cidade de Arlington, uma câmera fotográfica que pertencia a Kléber e Lilian.
Posteriormente, a polícia encontrou as alianças, em outra casa de penhor, desta vez em Dallas.(f. site G1)

Se a pena de morte fosse implantada no Brasil resolveria os altos índices de criminalidade, em que casos poderia ser usada, em quem voce aplicaria a pena? Comente.

3 comentários:

  1. DR JOÃO GILBERTO3 de março de 2010 08:01

    APESAR DA CONTITUIÇAO NÃO PERMITIR, ACHO AGNALDO, QUE DEVRIA TER SIM PARA CRIMES HEDIONDOS

    ResponderExcluir
  2. aguinaldo pra acabar com essa bandidagem só com cadeira elétrica nesses safados!

    ResponderExcluir
  3. Não sei se resolveria, o problema está na base, teria que ser feito um trabalho de educação primeiro. Chegou-se a índices alarmantes a violência em nosso país e nossa cidade.

    ResponderExcluir